Business Intelligence: Um forte aliado dos negócios em tempos de crise

Posted on Posted in Uncategorized

Você já pensou sobre quais os passos que sua empresa está tomando para evitar uma crise potencial ou responder rapidamente a uma dessas crises?

Você já analisou os dados da seu empresa em profundidade avaliando as vulnerabilidades, ao invés de simplesmente deixar os problemas ocorrerem para depois tomar as decisões ?

Estas podem não ser as perguntas mais interessantes a fazer, e nem ser as mais populares. No entanto, são questões que os gestores precisam estar constantemente se perguntando se eles querem ter sucesso no mercado competitivo de hoje. Ter uma compreensão profunda das fraquezas e vulnerabilidades da sua empresa é uma das coisas mais importantes que podem serem feitas. Toda empresa tem seus pontos fracos, e em algum momento poderão impactar no empreendimento e deverão ser tratados. Muitas vezes as empresas estão mal preparadas e pagam um preço caro por isso, em muitos casos, até encerram suas atividades.

Felizmente, nos dias de hoje, há uma incrível variedade de ferramentas que as empresas podem utilizar para se prepararem para os dias mais difíceis que podem vir.

Uma das ferramentas mais poderosas, é o BI ( Business Intelligence ). O poder que o BI dá às empresas, as capacidades necessárias para identificar com grande precisão, áreas de preocupação interna e externa, pontos favoráveis, entre outros. Com o BI é possível trabalhar com dados assertivos que facilitam as tomadas de decisões.

Então, quais são algumas medidas que as empresas podem tomar para evitar e lidar com crises usando BI ?

Identificar pontos fracos

É fundamental para o sucesso de uma empresa que eles identifiquem todas as áreas que podem ser vulneráveis ou tenha potencial. Uma maneira simples e eficaz de fazer isso é olhar para as áreas que causariam grande prejuízo, possibilidade de violação de segurança e / ou perda de informações de seus acionistas ou clientes. Além disso, as empresas podem implementar o BI nesta fase para identificar outras áreas de fraqueza, que para o olho humano poderia passar despercebido.

Se não identificar os pontos críticos ou fingir que as fraquezas não existem, a probabilidade de enfrentar períodos de crise, é muito grande. Pode parecer que para um curto prazo as coisas estão tudo bem e os negócios estáveis, mas com o tempo os pontos críticos podem se tornar vulneráveis, e a crise atingir a empresa, gerando muitas vezes um custo grande. O BI também pode gerar mais indicadores que eles podem monitorar, a fim de identificar pontos fracos, itens com margem baixa, pouca rotatividade, clientes inadimplentes, melhores clientes e mercados, etc… Através destas inúmeras fontes de informações diferentes, as empresas estarão em uma posição muito melhor para fazer as mudanças necessárias.

Usando análises através do BI, as empresas podem facilmente identificar e analisar fatores que poderiam potencialmente causar sofrimento para a empresa. Quer se trate de níveis econômicos, zonas de desastres naturais, áreas de roubo alto, mercados inadimplentes, entre outros critérios, as empresas podem identificar facilmente as áreas de preocupação. Com uma visão analítica avançada, as empresas serão capazes de eliminar os dados ruins, o que pode reduzir a incerteza quanto à identificação de pontos fracos. Também podem levar essa avaliação de risco um passo adiante, olhando mais de perto concorrentes e clientes, a fim de identificar possíveis riscos de perder algum nicho de mercado.

Olhar os resultados passados e os resultados futuros potenciais

Uma vez que uma empresa identificou as áreas de preocupação, pode então voltar a seus dados e olhar como essas áreas têm afetado no passado, e o que se espera que ocorra no futuro. Com esses resultados, é mais fácil identificar os resultados negativos que ocorreriam se algum problema ocorresse.

Nesta etapa, como com a primeira, o BI é extremamente inevitável. Com ele, as empresas podem descobrir novas maneiras de superar os problemas que enfrentaram no passado e aqueles que provavelmente enfrentarão novamente no futuro. Além disso, as análises permitem que as empresas executem sequências que podem testar soluções sugeridas, permitindo que as empresas testem suas teorias sem ter que passar pelo problema real. De particular valor é o uso de dados sociais, que podem ser utilizados para prever crises futuras baseadas na informação de eventos passados.

Use BI para monitorar crises atuais

Toda empresa espera nunca ser atingida por uma crise, mas infelizmente a maioria em algum momento é afetada. Aqui também, uma plataforma de BI é uma ótima ferramenta. Com suas capacidades analíticas, ele pode ser usado para monitorar a web, mídia social, retorno do consumidor, retorno da empresa e uma variedade de outras medidas que podem ser fundamentais para um plano de gestão de crises. Mais uma vez, ele pode fazer tudo isso em tempo real, permitindo que sua empresa tome decisões rápidas e eficazes para sair da crise. O BI também pode ser extremamente eficaz em ajudar vários ramos e divisões a trabalharem juntos quando lidam com uma grande crise.

Gerir o risco é difícil. Não é divertido ter um olhar aprofundado sobre as fraquezas e vulnerabilidades de uma empresa, mas é essencial para o sucesso. Com o BI, as empresas podem identificar essas áreas rapidamente e com grande precisão para criar planos mais eficazes para evitar e responder a desastres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *